Resolução de Inequações do 1º Grau

Identificando e Resolvendo uma Inequação:

Iremos resolver inequações do 1º grau utilizando os mesmos procedimentos que utilizamos na resolução de equações do primeiro grau, utilizaremos as operações inversas.

A diferença principal é que, em uma equação do 1º grau, encontramos o único valor da incógnita que torna a igualdade verdadeira. Já nas inequações, podem haver infinitas respostas a partir de um determinado valor. Observe o esquema abaixo:

No quadro anterior, x=5 indica que o único valor que torna a equação verdadeira é o 5. Já x>5 indica que qualquer número maior que 5 torna a desigualdade verdadeira. Como existem infinitos valores maiores que 5, essa inequação possui infinitas solução.

Conjunto Solução de uma Inequação:

Uma inequação terá seu conjunto solução representado em uma reta e será denominado conjunto solução geométrico.

Para entendê-lo, suponha as seguintes soluções:

Veja que é utilizado dois tipos de “bolinhas” para representar os números nas retas. Bolinha aberta para indicar que o número não é solução e bolinha fechada indica que o número é solução.

Existe uma relação entre os sinais de desigualdade e o uso das “bolinhas”.

Observação Final:

Há algumas inequações que vai diferir das equações durante sua resolução.

Para entender o motivo analise essas desigualdades quando multiplicadas por -1:

Nas inequações, ao multiplicar por -1, trocamos além do sinal dos números, o sinal da desigualdade.

Agora nosso próximo passo será praticar a resolução das inequações do 1º grau.

--

--

--

Licenciado em Matemática pela Universidade Federal de Uberlândia; Mestre em Matemática na Universidade Federal do Triângulo Mineiro; Professor de Matemática.

Love podcasts or audiobooks? Learn on the go with our new app.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store
Brunno Borges

Brunno Borges

Licenciado em Matemática pela Universidade Federal de Uberlândia; Mestre em Matemática na Universidade Federal do Triângulo Mineiro; Professor de Matemática.

More from Medium

Calculation Domination

The Great Perineum Reduction Theory

“No” is the only answer you’ll ever need

Three amazing facts about measurements

View of the earth from behind an orbiting satellite